Novo

recent

Recente

recent

Tudo sobre o vídeo de 30 anos de Michael Jackson, Thriller - 1983

Coreografias inovadoras e os vocais únicos  de Michael Jackson influenciaram gerações de músicos, dançarinos e artistas para as décadas seguintes. Ele foi um dos maiores ícones do entretenimento, e como os indivíduos mais talentosos ele estava sempre empurrando as barreiras, reinventando e testando seus limites. O The New York Times uma vez o descreveu como uma das 6 pessoas mais famosas do planeta, mas eu gostaria de levantar a aposta, dizendo que ele era a pessoa mais famosa do planeta. De suas muitas realizações, Jackson ajudou a elevar os vídeos musicais, transformando-os em uma forma de arte com linhas complexas de história, coreografia de dança nunca antes vistas, efeitos especiais elaborados e famosas aparições de personagens. Mesmo ele desenvolvendo alguns dos maiores vídeos de música de todos os tempos, nem sempre foi fácil para ele. No começo Jackson lutou para receber cobertura na MTV, porque ele era africano-americano. A pressão da CBS Records persuadiu a MTV para começar a mostrar seus vídeos Billie Jean e Beat It, que mais tarde, começaram a ter exibição regular. Isto leva a uma parceria de longa data entre o canal e Jackson, e ajudou a quebrar as barreiras raciais. Com sua ascensão de estrela para superestrela, Jackson ajudou outros artistas negros a ganhar reconhecimento  musical, e a popularidade de seus vídeos ajudaram a colocar a relativamente jovem MTV no ​​mapa do mundo .

Sua maior realização , e mais famosa desses exemplos foi Thriller, um curta-metragem de 14 minutos com zumbis coreografados dançando ao lado de Jackson. A festa de horror foi dirigida por John Landis, que já havia dirigido o filme hit Um Lobisomem Americano em Londres, e foi coreografada por Michael Peters, que trabalhou com Jackson no seu vídeo anterior Beat It. O curta foi filmado em 35 mm , inclui conjuntos caros, vários locais de filmagem e impressionante coreografia de dança. Landis também pediu um favor para o colaborador de Lobisomem Americano em Londres e artista vencedor do Oscar pela maquiagem em efeitos de criatura, Rick Baker, pedindo-lhe para projetar a transformação de homem para lobisomem de Jackson. Aliás, a curta também contém uma música original de Elmer Bernstein, o homem que compôs a trilha para o Lobisomem em Londres.

A alta demanda pelo vídeo, fez com que a MTV fizesse várias apresentações diárias dele (Thriller o clipe mais emblemático da história da MTV), o que ajudou a mais que duplicar as vendas do álbum, encaminhando Thriller para o LP número 1 em vendas, um recorde que ainda se mantém até hoje. E em janeiro de 2010, foi designado como tesouro nacional pela Biblioteca do Congresso, sendo o primeiro videoclipe a ser introduzido no National Film Registry.


O vídeo estabeleceu novos padrões de produção, tendo custo de filmagem no valor de 500 mil dólares - só para Landis e Jackson trabalharem foram pagos 100 mil dólares, então o produtor George Folsey Jr. teve a brilhante ideia de produzir um documentário sobre por trás da gravação do clipe. 


Landis tinha decidido que queria esmagar a imagem assexuada de Jackson e queria que ele satisfizesse o público jovem feminino, dando-lhe uma garota - algo que falta em seus vídeos anteriores Billie Jean e Beat It. Landis iria escrever uma história inspirada no filme de Gene Fowler lançado em 1957, I Was a Teenage Werewolf, em que Michael iria a um encontro com uma garota jovem e atraente em dois períodos de tempo distintos, nos anos 50 e 80. Como o cara dos anos 50, Michael seria o tímido, educado, típico garoto da casa ao lado, antes de se transformar em um lobisomem sob a lua cheia. Como o cara dos anos 80 , ele iria deslumbrar-la com sua atitude arrogante e movimentos de dança sedutoras antes de se transformar em um zumbi e aterrorizar toda a cidade.


Thriller tornou-se uma parte da cultura pop global, replicado em todos os lugares de Bollywood até as Filipinas. Depois de seu lançamento, vídeos de música nunca mais seriam os mesmos. O curta-metragem Thriller firmemente cimentou as noções de que os vídeos poderiam ser algo mais do que apenas comerciais para singles. O resultado que está aqui, é um filme emocionante, cheio de imagens góticas, e que ainda mantém-se em alta décadas mais tarde.


Sound on Sight
Tudo sobre o vídeo de 30 anos de Michael Jackson, Thriller - 1983 Reviewed by Tiago on 9:30 AM Rating: 5

Nenhum comentário:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.