Novo

recent

Recente

recent

Motorista particular de Michael Jackson conta suas experiências com o Rei do Pop na Irlanda


O novo documentário de rádio irlandesa RTE, intitulado como "Michael Jackson's Irish Driver", mostra como todas as pessoas da cidade de Moate, Co. ajudaram a esconder o cantor mais famoso do mundo durante seis meses. Jackson escapou para a região central, em 2006, onde ele era o proprietário de Grouse Lodge, com Paddy Dunning e seu motorista pessoal, Ray O'Hara.

"Eles me disseram dois dias antes e eu pensei 'não pode ser, não há ninguém mais famoso que ele, eu não sou capaz disso." diz O'Hara no documentário.

"Quando chegou o primeiro dia você não imagina o quanto eu estava nervoso. Estava tremendo."

"Se aproximou e me disse 'olá' em meio ao aperto de mão, ele era como você e eu.” 

Não importa o que o Rei do Pop faria lá, os seus assuntos eram mantidos em segredo pelas pessoas da cidade.

Mesmo quando foi revelado que ele estava em Moate, os moradores deram pistas falsas aos repórteres para mantê-lo seguro.

Paul Lawless, dono do Pub Egan disse: "O que fizemos foi abrir antes e Ray estacionou a van para que ele pudesse entrar diretamente. Mostrei-lhe o que tínhamos e tomou um copo de vinho. Nunca pedi um autógrafo. Ele era como qualquer um de nós. As pessoas não incomodava ou perseguia o artista. Deixaram a ele o seu próprio espaço, não é o comum."

Embora Jackson chegasse após acusações de abuso, Paddy Dunning disse que não tinha problema com ele para ficar com sua família: "Ele veio em um ônibus com sua família, os filhos e babá. Seus filhos brincavam com os meus por horas. Eramos uma família feliz. Havia recebido ameaças de morte, mas eu acho que ele encontrou reclusão e conforto, vivendo como uma família comum. Sabia toda a história da pedofilia, mas eu acho que foi um. Eu não o deixaria entrar em minha casa, se eu tivesse alguma dúvida sobre o caso. Quando eu o conheci eu tive uma leve impressão de que ele havia se tornado um monstro, essa é a minha opinião."

Jackson também foi para um centro infantil chamado Jumping Jacks em Tullamore, Co Offaly. As pessoas de lá não acreditavam que era a estrela pop: "Eu estava um pouco surpreso ao pensar que eu poderia vir aqui  foi um prazer tê-lo, é claro", disse a proprietária Brenda Carroll.

"A primeira noite que ele chegou, fechamos apenas para eles, mas quando se tratava de boliche havia outras pessoas aqui. Eles deixaram jogar e ninguém podia olhá-lo, deixá-lo ser ele mesmo."

Os sapatos que costumavam ter um lugar de honra no centro.

"Nós os levamos direto para o escritório, e colocamos em uma caixa de vidro. Desde então tem estado aqui."

Motorista particular de Michael Jackson conta suas experiências com o Rei do Pop na Irlanda Reviewed by pucca on 2:44 PM Rating: 5

Nenhum comentário:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.