Novo

recent

Recente

recent

Michael Jackson Online Audio Chat sobre Invincible - 26 de outubro de 2001


Em 26 de outubro de 2001, Michael Jackson participou de um bate-papo pelo telefone, respondendo às perguntas online dos fãs feitas através do moderador Anthony DeCurtis. A entrevista foi patrocinada pela GetMusic.com e RollingStone.com.

Anthony
Olá, senhoras e senhores, aqui é Anthony DeCurtis. Você está em Getmusic.com, e estamos aqui esta noite para um evento muito especial. O Rei do Pop, um dos maiores artistas da história da música pop, Michael Jackson, vai juntar-se a nós. Ele tem um novo disco que sai em 30 de outubro, ele é chamado Invisible [erro do entrevistador].

Anthony
Michael, é um prazer falar com você, cara.

Michael
Prazer em falar com você.

Anthony
Conte-nos um pouco sobre o novo álbum. Este é o seu primeiro álbum de inéditas em seis anos. Você ainda fica ansioso quando tem algo para lançar? É óbvio que você já fez muito isso ao longo dos anos. Você ainda pensa algo como: "Uau, eu quero saber o que as pessoas vão pensar", ou seja, você sente toda essa espécie de expectativa?

Michael
Isto é como um processo de gestação, de nascimento. Você sabe, é como ter filhos, e ter de criá-los e trazê-los para o mundo, e uma vez que entram no mundo, estão por conta própria. Então, é muito emocionante. Quer dizer, você nunca fica muito experiente quanto a isso, nunca. É um processo incrível. Mas você o deixa nas mãos de Deus, como você faz quando está tendo uma criança.

Anthony
Com certeza. Já começam a chover questões de seus fãs na internet. Temos Eyes Electric, do sexo masculino, que diz: "Michael, você é, na minha opinião, o maior artista de todos os tempos. O verdadeiro rei do pop, rock e soul." E ele quer saber: "Qual é sua canção favorita do novo álbum?"

Michael
Minha música favorita do novo álbum... Posso escolher duas?

Anthony
Ah, sim, eu acho que você pode fazer isso. Você pode muito bem fazer o que quiser.

Michael
Uh, seria, provavelmente, Unbreakable ... Eu vou escolher três. Unbreakable, Speechless e The Lost Children.


Anthony
Conte-nos sobre algumas dessas faixas. Como foi trabalhar ... eu quero dizer, lá estavam os convidados especiais, ou como você estava
trabalhando com novos produtores, ou como você as escreveu? Você sabe, algo que nos dê algum sabor...

Michael
Bem, o processo de compor músicas é algo muito difícil de explicar porque é muito espiritual. Você realmente as recebe das mãos de Deus, é como se elas já estivessem escritas - o que é a verdade. Como se elas tivessem sido escritas totalmente, antes de nascerem e você simplesmente está sendo a fonte real através da qual as canções virão. Verdaderamente. Porque não existe ... elas só caem bem em seu colo na sua completude. Você não tem que muito pensar sobre isso. E, às vezes, eu me sinto culpado ter de colocar o meu nome nas músicas que eu - eu as escrevo - eu componho elas, eu as escrevo, eu faço o título, eu faço a letra, eu faço as melodias, mas ainda é uma ... é uma obra de Deus.

Anthony:
Samantha, do Canadá acaba de nos enviar uma pergunta. Ela gostaria de saber, "Como você descreveria o som de Invincible e você incorporou que outros gêneros para o álbum?"

Michael
Bem, o som é ... musicalmente, sempre tentamos garantir que temos, você sabe, como especial, detalhado, você sabe, o melhor som, os melhores engenheiros, os melhores técnicos disponíveis. E, claro, eu tentei fazer do álbum um potpourri apenas de melodias maravilhosas de qualquer estilo. Porque eu não acredito em estigmatizar ou demarcar qualquer tipo de música. Acho que um grande artista deve ser capaz simplesmente de criar em qualquer estilo, de qualquer forma, ... qualquer coisa do rock ao pop e do folk à música gospel, apenas criar música maravilhosa que todos, qualquer um, poderá cantar, do fazendeiro irlandês até uma senhora que esfrega banheiros no Harlem. Se você pode assobiar e cantarolar ela, isso é a coisa mais importante.

Anthony
Quando você está trabalhando você trabalha de um modo assim... você gosta de ouvir um monte de outras músicas, ou escutar o rádio e talvez pegar CDs de várias pessoas, ou quando você está trabalhando você gosta de simplesmente deixar tudo lá fora e se concentrar atentamente no que você está fazendo?

Michael
Eu praticamente ... eu sempre sei o que está acontecendo, no rádio e nos clubes, o que as pessoas estão ouvindo. Mesmo que as pessoas pensem que eu vivo em Neverland - mentalmente eu nunca estou em Neverland o tempo todo - eu estou sempre ligado. Eu sempre sei o que está acontecendo no mundo da música, o tempo todo. Não apenas nos Estados Unidos, mas internacionalmente. Você sabe, em todo o mundo. E quando estou trabalhando, porém, eu não acho que eu sou influenciado por um monte de música atual. Uh, eu praticamente crio o que está no meu coração. Muito original. Eu tento ser o mais original possível. Eu não digo, 'OK, eu vou fazer desta uma ótima música de R & B, um grande pop" ... eu só quero fazer uma grande canção.

Anthony
Como se a música tomasse a sua própria forma...

Michael: Sim.

Anthony
Bem, Amber, aqui na internet, oferece a você um montão de amor e pergunta se foi divertido para você fazer o rock, o vídeo do "You Rock My World".


Michael
Sim, isso foi muito divertido. Ficamos a noite toda, o que foi muito difícil [risos]. Nós, uh, foi divertido ouvir, e o que saía dos alto-falantes era realmente bom. Essa é uma das minhas coisas favoritas, ouvir a música bem alto. Porque eu gosto de tocar música em
alto volume. Quero dizer, se você ouve alguma coisa pela internet ou com caixas pequenas [de som], ela não tem o mesmo impacto. É por isso que você tem que comprá-lo. Você tem que comprar aquele CD para ouvir realmente aquele impacto. Isso faz uma diferença enorme. Gigantesca diferença. Não tem comparação. Comprar o CD é a melhor coisa. Não há comparação. Você não pode ouvir todos os sons se você fizer isso em um sistema [de som] menor.

Anthony
Então, quando você está fora do set de filmagem, você é capaz de aumentar o som tão alto quanto você quiser?

Michael
Tão alto quanto eu quiser.

Anthony
Muito bom [risos]. Bem, nós temos Michael Mathew, do Canadá. Ele diz: "Eu só vi Ghosts na MTV. Como sempre, você está incrível, Michael. Você tem algum plano de lançá-lo como um DVD na América?"

Michael
Sim, será lançado como um DVD nos Estados Unidos em sua totalidade, assim como uma parte do making of de Ghosts. E essa foi uma das minhas coisas prediletas, das que eu mais gostei de fazer, porque era um sonho meu de muito tempo fazer algo assim. Vocês sabem, algo assustador mas cômico ao mesmo tempo, e tem todos os elementos, simplesmente diversão. Porque eu não quero assustar as pessoas ao ponto em que elas tenham com medo de ir dormir. Eu quero que tenha um pouco de tempero de humor. E dentro do cômico há uma lágrima, entende? É divertido, você sabe. Estes fantasmas, eles não eram realmente assustadores, eles eram divertidos. Eles caminharam até os limites. Criancinhas estavam rindo deles. Eles eram divertidos. Você sabe, nós não queremos horrorizá-las. Mas nós
fizemos justiça a esse homem gordo, este prefeito, por ter vindo em minha casa, que era de propriedade privada, me julgar. Você sabe.

Anthony
Com certeza. Temos aqui Cloudlee2000, que escreve perguntando: "Por que o nome do álbum é Invincible?"

Michael
Bem, Invincible é algo de ... eu acho que é um nome apropriado. É uma das músicas do álbum e eu tenho sido um artista .. uh, eu não dou tapinhas nas minhas próprias costas [não felicito a mim mesmo], mas o Guinness Book of World Records há pouco me nomeou, outra vez, como o artista que teve a mais longa carreira porque desde que eu era pequeno, uma criancinha, até esse momento, ainda bato recordes com gravações em nº um nas paradas, e eu estou tão orgulhoso e honrado de ter sido escolhido pelos céus, ou que quer que seja, para ser invencível, e para simplesmente continuar a crescer e ser, você sabe ... servir às pessoas. Para oferecer às pessoas um maravilhoso entretenimento.


Anthony
Agora, você sabe, o tipo de sabedoria convencional na indústria da música é, você sabe, que o público não mantém realmente mais que um palmo de atenção. Se um artista permanece afastado por muito tempo o público sai e vai para outro lugar. Era uma preocupação de vocês com o lançamento de um álbum, e tendo um tempo para trabalhar em Invincible ou ao fazê-lo, você está convencido de que sua base de fãs ainda estará lá e vai ser tão forte como sempre foi?

Michael
Eu sou, eu sou ... Não, a resposta à sua pergunta é que isso nunca me preocupou nem uma vez e eu nunca pensei nisso. Porque eu sempre soube que se a música é verdadeiramente grande, ou se um filme é verdadeiramente grande, as pessoas querem vê-lo ou ouvi-lo. Não importa onde você foi, há quanto tempo você foi embora, ou qual é a situação. Você sabe, a grandeza é a grandeza e se você realmente fizer um grande trabalho no que você estiver mostrando, as pessoas querem ouvir. Ou querem vê-lo. Você sabe, não importa, ele realmente não se importa. Contanto que você faça algo inovador e pioneiro, você sabe. E essa é a coisa mais importante. Dê-lhes o que eles querem ouvir.

Anthony
Agora, Slimslady420US envia uma pergunta: "Qual a canção do álbum Invincible que você acha que diz respeito mais pessoalmente a você?"

Michael
Hummm, Unbreakable.

Anthony: 
Fale um pouco sobre essa faixa. Agora que você a mencionou um par de vezes, estou realmente curioso sobre isso. O que você poderia nos dizer sobre ela?

Michael
Porque eu sou uma das poucas pessoas no show business, provavelmente, que vivenciou os prós e os contras, você sabe, de tantas
coisas diferentes. Hum, eu estive no inferno e voltei. Eu digo, para ser honesto, e ainda sou capaz de fazer o que faço e nada me pode
parar. Ninguém pode me parar, não importa o quê. Eu paro quando eu estou pronto para parar. Você sabe, eu apenas estou dizendo, eu vou continuar a avançar de qualquer maneira.

Créditos e o chat completo em MJBeats.
Michael Jackson Online Audio Chat sobre Invincible - 26 de outubro de 2001 Reviewed by Tiago on 10:36 PM Rating: 5

Nenhum comentário:

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.